4 dicas sobre como cortar gastos pessoais

Vitor Tito
                 

Para controlar sua entrada e saída de dinheiro, é fundamental sua reeducação financeira quanto a gastos e hábitos que podem esvaziar sua conta. Por isso, confira 4 dicas sobre como cortar gastos pessoais.

O nosso objetivo não é só te ajudar a cumprir com suas obrigações de início de ano como matrículas em cursos, IPTU, IPVA e outras dívidas que sempre aparecem dependendo do seu estilo de vida, mas também para conseguir te ajudar a  fazer sobrar dinheiro, mesmo que seu orçamento já esteja um pouco apertado.

Nesse momento é fundamental que você já esteja fazendo o seu controle financeiro pessoal.

Por onde começar

Vou dar para vocês exemplos práticos do meu controle financeiro e de como cortar gastos pessoais baseados na minha atual situação.

Para começar só precisei analisar bem os meus gastos, quer ver só?

Alimentação:

Este foi o meu primeiro corte. Embora eu tenha um dia a dia corrido, ao chegar em casa eu preparo meu almoço para o dia seguinte e também os lanches para comer no decorrer do dia.

Antes de criar este hábito eu gastava em média R$25,00 por dia com alimentação, o que totaliza um valor de R$500,00 por mês. Hoje, levando o meu almoço de casa, consigo economizar em média R$240,00 por mês!

Fazer esse esforcinho não é tão difícil  assim, não é mesmo?

TV a cabo:

Se tem uma coisa que me diverte e me dá prazer é assistir filmes e seriados, mas como bem sabemos a TV paga pode pesar muito no nosso bolso. Era o que estava acontecendo comigo! O pior de tudo era que muitas vezes nada da programação disponível me interessava.

Quando me dei conta da situação resolvi cancelar a minha TV por assinatura. Hoje pago R$20,00 por mês no Netflix e quando quero ver algum filme novo, corro para o cinema. (Ah! De preferência  aproveito os dias de maior desconto!)

Roupas e sapatos:

Gosto muito de me vestir bem e acho que esse foi um dos cortes com o qual mais sofri. Atualmente só compro alguma peça se realmente preciso e se gosto muito. Além disso, passei a não só reduzir a quantidade de compras como também a doar o que eu não preciso ou não uso mais.

Sei que muita gente fica com dó de doar peças novinhas, mas continuam sem fazer uso delas. Se você for dessas, fica a dica para fazer um bazar ou até mesmo criar uma lojinha virtual e aproveitar para ganhar uma graninha com o desapego!

Academia:

Tá aí uma coisa que nunca cogitei cortar dos meus gastos. Amo fazer atividades físicas e acho a prática fundamental  para a melhoria da nossa saúde e bem estar. Mas parando para analisar friamente a situação, pagar um plano completo da academia era um gasto que eu não precisava ter.

São mil horários e mil modalidades disponíveis, mas no fim das contas eu sempre ia no mesmo horário fazer as mesmas coisas! Troquei o meu plano completo por um horário fixo de natação e contínuo saudável do mesmo jeito!  E o melhor de tudo, consegui economizar R$50,00 por mês com o ajuste.

Embora eu tenha dado todas estas dicas, certamente se você quiser saber como cortar gastos pessoais vai precisar analisar os seus gastos e adequar as minhas sugestões ao seu estilo de vida.

A ideia aqui é mostrar para você que mesmo quando achamos ter o nosso orçamento apertado, sempre temos onde cortar uma gordurinha.

Outra coisa super importante para cortar os gastos e manter as contas em dia é aprender a se organizar financeiramente. Para isso, continue lendo aqui sobre como organizar suas finanças!

Gostou das dicas ou tem alguma sugestão para compartilhar com a gente? Deixe sua opinião aqui nos comentários.

Simplicidade, rentabilidade e segurança.

Descubra como é fácil investir com a Monetus.

Comece agora

Deixe o seu comentário