Como definir um objetivo financeiro e qual sua importância?

Vitor Tito

Ter um objetivo financeiro é importante em qualquer fase de sua vida, independente de você estar ou não produtivo. Isso porque, apenas com uma visão sistemática do destino de seu dinheiro, é que você poderá calcular, exatamente, quanto pode gastar, quanto precisa trabalhar e como pode aproveitar do seu dinheiro. Por isso, aprender como definir um objetivo financeiro e qual sua importância torna-se algo essencial para qualquer um.

E para aqueles que pretendem se organizar financeiramente, resolver dívidas e cortar gastos, a definição de um objetivo é mais do que necessário: é fundamental.

Por isso, o processo de definição de suas metas precisa ser muito bem elaborado.

Entenda prioridades

O que é mais importante agora? Você pode classificar suas dívidas por ordem de prioridade levando em conta, principalmente, a taxa de juros de cada uma e o prazo em que foi dividida.

Esforce-se por quitar as dívidas com maiores juros primeiro, assim você evitar perder mais dinheiro e acaba ficando mais tranquilo para lidar com as outras que ainda restarem.

Na hora de pensar nos seus objetivos financeiros, tenha em mente o que é realmente importante para você. Você quer uma reserva financeira? Pensa em investir? Pretende ter uma aposentadoria no futuro? Ou quer comprar a casa própria? Entender o que é necessário nesse momento específico de sua vida pode ajudar na hora de dar o primeiro passo.

Trace o objetivo financeiro realmente possível

Ser um milionário não é um objetivo realmente palpável para quem está apenas começando sua carreira, claro que existem exceções, mas nesse início da vida financeira, o ideal é pensar em metas mais práticas, como, por exemplo, juntar R$5.000,00 em um determinado espaço de tempo.

Leve em conta suas prioridades na hora de traçar os objetivos, e atrele-os a fim de garantir chances muito melhores de dar certo.

Bons objetivos financeiros precisam começar pequeno, e só depois irem crescendo de acordo com a sua evolução profissional. Conseguir uma promoção, por exemplo, é um bom objetivo, mas ele pode acabar não dependendo apenas do seu esforço.

Foque na construção de um fundo de reserva financeira, ou experimente investir e, a partir daí, traçar objetivos palpáveis.

Analista ou Explorador? Estrategista ou Conquistador? Saiba qual o seu Perfil de Investidor aqui!

Controlar desejos e necessidades

Saber pesar bem o que é apenas desejo e o que é necessidade ajuda, e muito, na hora de controlar as suas finanças.

Um desejo comum, por exemplo, é o de trocar o celular por um modelo mais novo. Reflita bem antes de tomar essa decisão: Você precisa mesmo de um novo aparelho? O seu não funciona mais? Trocar de aparelho vai te ajudar também profissionalmente?

Se a resposta for não, talvez essa não seja uma necessidade para você, e certamente ela poderá esperar até que suas finanças estejam mais folgadas.

Lembre-se sempre de pesar bem uma compra antes de se decidir por ela. Essa será a diferença principal entre uma pessoa que sabe controlar os gastos e aquela que vive enroscada em uma bola de neve.

Quer aprender mais? Então aproveite para ler nosso texto com 6 dicas exclusivas sobre como quitar dívidas!

Simplicidade, rentabilidade e segurança.

Descubra como é fácil investir com a Monetus.

Comece agora

Deixe o seu comentário