Fechar
Icone para fechar banner

E aí, qual é o seu sonho?

Novo apartamento, viagem pelo mundo, ou seu primeiro milhão Converse com um de nossos consultores financeiros e descubra como conquistar seu sonho!

Dicas para organizar as finanças para investir sendo universitário

Teles Nascimento
            Como organizar as finanças para investir sendo universitário

Sabemos que se tornar universitário é uma etapa extremamente importante na vida das pessoas. Entretanto, organizar as finanças sendo universitário é um desafio, mas, é necessário quando se deseja investir dinheiro para um futuro próspero.

A maioria das pessoas perde o controle das finanças a partir do momento que vira universitário. A falta de educação financeira é uma das principais causas desse fenômeno que assola grande parte dos estudantes.

Então, confira nosso artigo para descobrir como organizar as finanças para investir sendo universitário.

Como organizar as finanças sendo universitário?

Quando se é universitário, é mais fácil ter acesso a cartões de crédito para universitário, por exemplo.

Porém, o que muitos não sabem é que essa ferramenta pode se tornar uma vilã da boa saúde financeira, pois a maioria das pessoas não sabe ter o controle das finanças e utiliza o cartão de forma descontrolada.

Por isso, é preciso ter noção de alguns pontos chaves para começar a ter um maior controle da sua situação financeira.

Procure por novas fontes de renda

Nessa fase, se você não tem uma renda fixa, aproveite os projetos que a própria universidade oferece e que podem te remunerar, como a iniciação científica.

Além disso, você pode procurar por estágio se for possível e seu horário permitir.

No momento em que conseguir uma fonte de renda, você deverá se organizar para fazer um planejamento financeiro que lhe permita poupar para investir.

Reserva de emergência

Dando continuidade ao conceito anterior, após conseguir alguma renda, concentre-se em criar uma reserva de emergência para imprevistos.

Reserve em torno de 10 a 20% da sua renda todo mês, até conseguir juntar pelo menos 6 vezes os seus gastos mensais.

Por exemplo, se você recebe R$ 800,00 do estágio, junte de R$ 80 a R$ 160,00 todo mês para constituir sua reserva.

Em seguida, é necessário criar uma planilha de gastos ou utilizar um aplicativo de controle financeiro para gerenciar de forma prática tudo o que entra e sai do seu bolso.

Com o controle dos seus gastos é possível entender como utiliza o seu dinheiro e onde pode reduzir para poupar mais.

Regra 50 30 20

A regra do 50 30 20 é um método de distribuição de renda. Ou seja, ele sugere uma forma de utilização do dinheiro.

Nessa caso, é sugerido que distribua sua renda líquida para 3 categorias de gastos:

  • Necessidades: o modelo sugere que utilize 50% da sua renda com gastos essenciais;
  • Desejos pessoais: todos os gastos com bens de consumo e serviços que não forem essenciais devem ser incluídos nessa categoria e representarem no máximo 30% do seu orçamento;
  • Poupança e pagamento de dívidas: esta parcela representa suas economias e metas financeiras, sendo assim, deve representar pelo menos 20% da renda.

Como começar a investir sendo universitário?

Após conseguir montar a reserva de emergência, em ativos seguros e com alta facilidade de resgate, como o Tesouro Direto ou CDB, você deve buscar conhecimento sobre outros investimentos existentes, com uma maior rentabilidade.

Algumas opções são:

Quando você tiver conhecimento sobre o que são esses investimentos e ganhar a confiança para investir, será um dos momentos mais importantes da sua vida.

Pois, você irá descobrir uma grande ferramenta que irá aumentar ainda mais os seus ganhos: os juros compostos.

Os juros compostos nada mais são do que juros sobre juros, desta forma, quanto maior o tempo que você deixar o seu dinheiro investido, mais juros serão acumulados. Utilize a calculadora de juros compostos abaixo para simular:

Portanto, os juros irão integrar seus investimentos e irão acumular ainda mais, conseguindo aumentar seu patrimônio de forma exponencial.

Dicas para organizar suas finanças para começar a investir sendo universitário

Motive-se

A motivação é essencial para nossa vida.

Sabemos que não é tarefa fácil ser universitário, e grande parte das pessoas desiste no meio do processo de se formar.

Por isso, motive-se diariamente para enfrentar os desafios da universidade e também motive-se para não contrair dívidas neste momento de sua vida.

Fuja do “eu mereço”

Grande parte dos universitários têm a mania de utilizar a seguinte frase para se convencer de gastar com algo desnecessário “Eu mereço”.

Essa frase é extremamente prejudicial para a organização financeira de qualquer pessoa.

Portanto, fuja do “Eu mereço” para não fazer gastos desnecessários e acabar contraindo dívidas.

Foque no longo prazo

O longo prazo deve ser uma prioridade na sua vida financeira.

A maioria das pessoas pensa apenas no hoje e não no futuro, logo, pensar a longo prazo é um dos segredos para ter sucesso.

O cartão de crédito não faz parte da sua renda

Entenda que o cartão de crédito não é parte da sua renda, então, não deve ser usado como uma forma de extensão dos seus ganhos.

Por isso, utilize o cartão com muito cuidado e sabedoria para não entrar em uma bola de neve de gastos e dívidas.

Planeje a vida financeira

Planejamento é uma das ferramentas para ter sucesso tanto acadêmico como pessoal.

Este é um dos pontos cruciais para conseguir a almejada estabilidade financeira.

Planeje o que irá fazer na semana, após se formar, como irá utilizar o seu dinheiro etc.

Deixe o seu comentário

Simplicidade, rentabilidade e segurança.

Descubra como é fácil investir com a Monetus.

Comece agora
[newsletter_banner_html]