Guia completo: tudo sobre aposentadoria do INSS

Vitor Tito

A aposentadoria é um assunto que muitas vezes pode nos deixar confusos. É um momento muito importante da vida, afinal é quando poderemos descansar após tanto tempo de trabalho. Aprenda aqui tudo sobre aposentadoria.

Como funciona a aposentadoria do INSS?

Para ter acesso à aposentadoria do INSS, algumas regras devem ser cumpridas. Essas regras variam de acordo com o tipo de aposentadoria que foi requisitado. Para que um uma pessoa receba o benefício oferecido pelo INSS, deve realizar o pagamento mensal à previdência. Se você não é um profissional autônomo, a responsabilidade da realização dos pagamentos é da empresa que o contratou.

Quais os tipos de aposentadoria pelo INSS?

Existem seis modalidades de aposentadoria com o INSS. São elas: por idade; por idade da pessoa com deficiência; por invalidez; por tempo de contribuição; por tempo de contribuição da pessoa com deficiência; por tempo de contribuição do professor; especial por tempo de contribuição;

a. Por idade

É um benefício dados as pessoas que comprovem mínimo de 180 meses trabalhados e possuam idade mínima de 65 anos para homens, e 60 anos para mulheres. Segurados especiais, como indígenas, pescadores artesanais e agricultores familiares têm aposentadoria reduzida em cinco anos.

b. Por idade da pessoa com deficiência

É um benefício dados as pessoas que comprovem mínimo de 180 meses trabalhados e possuam idade mínima de 60 anos para homens, e 55 anos para mulheres. É considerada pessoa com deficiência de acordo com a Lei Complementar n° 142/2013.

c. Por invalidez

Concedida às pessoas que estão permanentemente incapazes de realizar qualquer atividade laborativa. A avaliação é realizada por perícia do INSS.

d. Por tempo de contribuição

A aposentadoria por tempo de contribuição é um benefício concedido ao indivíduo que comprovar tempo total de 35 anos de contribuição, se homem, ou 30 anos de contribuição, se mulher. Nesse caso, se você ainda for muito jovem, talvez é melhor envelhecer e aguardar a aposentadoria por idade, para que sua renda não seja tão diminuída.

e. Por tempo de contribuição da pessoa com deficiência

Concedida às pessoas que comprovem tempo de contribuição a depender do grau da deficiência.

f. Especial por tempo de contribuição

Concedida para trabalhadores que foram expostos a agentes nocivos a saúde, como ruídos e substâncias tóxicas. Nessa modalidade, pode-se aposentar após 15, 20 ou 25 anos após contribuição, dependendo do agente nocivo.

g. Por tempo de contribuição do professor

Concedida às pessoas que se dedicaram ao magistério na educação básica (ensino infantil, fundamental e médio) durante 25 anos para mulheres, e 30 anos para homens.

Quais os requisitos devo cumprir para me aposentar?

a. Por idade

  • Mínimo de 180 meses trabalhados.
  • Idade mínima de 65 anos para homens e 60 anos para mulheres (urbano).
  • Para segurado especial, são 60 anos para homens e 55 para mulheres.

b. Por idade da pessoa com deficiência

  • Comprovação de deficiência mediante perícia médica do INSS.
  • Idade mínima de 55 anos para mulheres e 60 anos para homens.
  • Mínimo de 180 meses trabalhados.

c. Por invalidez

  • Invalidez deve ser confirmada por perícia médica do INSS.
  • Pode ser reavaliado pelo INSS a cada dois anos.

d. Por tempo de contribuição

  • Benefício pode ser integral ou parcial, a depender da idade no momento da solicitação.
  • A idade mínima para homens é de 53 anos e para mulheres é de 48 anos.

e. Por tempo de contribuição da pessoa com deficiência

  • Mínimo de 180 meses trabalhados.
  • Comprovação e classificação de deficiência de acordo com perícia médica do INSS.
  • Deficiência leve: exige 33 anos para homens e 28 anos para mulheres;
  • Deficiência moderada: exige 29 anos para homens e 24 anos para mulheres;
  • Deficiência grave: exige 25 anos para homens e 20 anos para mulheres;

f. Especial por tempo de contribuição

  • Tempo total de contribuição de 25, 20 ou 15 anos, conforme o caso.

g. Por tempo de contribuição do professor

  • 25 anos para mulheres e 30 anos para homens.
  • Comprovação de magistério na Educação Básica.

Mantenha os documentos em ordem

Se você for empregado de alguma companhia, é muito importante que você mantenha os comprovantes dos pagamentos organizados. O processamento do INSS já evoluiu bastante, mas ainda assim, algum documento pode não ter sido registrado. Ainda, a previdência pode solicitar a reapresentação de algum arquivo ou documento. Por isso, é muito importante que você mantenha os documentos relacionados a sua aposentadoria em ordem.

É seguro confiar na aposentadoria do INSS?

Infelizmente, a previdência social do INSS está sujeita à volatilidade das decisões políticas. Ainda, é de conhecimento geral que o déficit da previdência avança a passos largos. Por isso, é importante ter em mente que confiar unicamente que o INSS será capaz de manter o seu padrão de vida após a aposentadoria é um erro.

Só é possível se aposentar pelo INSS?

Você não precisa depender da previdência social do INSS. Além dela, você pode investir na previdência privada ou em outras aplicações financeiras.

Simplicidade, rentabilidade e segurança.

Descubra como é fácil investir com a Monetus.

Comece agora

Deixe o seu comentário