Investimento em ações: aprenda como começar

Por Vitor Tito

Enquanto algumas pessoas são um pouco mais conservadoras e preferem fazer um investimento com renda fixa, outras gostam de ser um pouquinho mais ousadas e tentar a sorte fazendo um investimento de renda variável (ações).

Por isso, quando falamos de investimento em ações as coisas são um pouco diferentes do que se você fosse investir na poupança ou em títulos do governo, por exemplo, mas isso não quer dizer que você necessariamente precisa fazer uma aposta arriscada.

Tipos de Ações

Para você ter uma ideia melhor de como investir em ações e também para saber onde você está se metendo, é importante que você conheça quais são elas e o que elas te permitem fazer. Basicamente, temos dois tipos de ações:

Ações Ordinárias (ON)

Essas ações são as ações “comuns”. Quando pensamos em ação, é comum pensar em um pedaço de papel que me dará a propriedade de parte de algo. Essa ação dá ao seu dono o direito de propriedade, voto na eleição do conselho de administração e, o mais importante, o direito a dividendos.

No caso dos dividendos, existe um porém. Nem todas as empresas pagam dividendos sempre. Mesmo uma empresa tendo lucro, ela pode justificar o uso desse lucro com um investimento em uma expansão e não pagar nada aos seus acionistas, é necessário ficar atento.

Ações Preferenciais (PN)

Como o próprio nome diz, essas ações tem preferência.

Os acionistas preferenciais, ao contrário dos acionistas ordinários, têm direito a um dividendo fixo, independente do que acontecer. Além disso, em caso de liquidez, ou seja, em caso de falência ou dissolução da empresa, os pagamentos são feitos nessa ordem: 1. credores, 2. acionistas preferenciais e 3. acionistas ordinários.

Entretanto, geralmente essas ações não vêm com direito a voto, mas dependendo da empresa, esse voto pode ser concedido.

Por fim, empresas maiores podem emitir ações diferentes das duas mencionadas acima. A depender do interesse da empresa, elas podem fazer ações com menos ou mais direitos de votos.

Por exemplo, 1 ação que tem direito a 50 votos, isso geralmente é feito para proteger o interesse de alguns investidores e também o interesse da própria empresa.

Analista ou Explorador? Estrategista ou Conquistador? Saiba qual o seu Perfil de Investidor aqui!

Como ter um bom retorno com investimento em ações?

Não existe uma fórmula mágica, mas algumas coisas podem ser feitas. A primeira delas é definir um objetivo.

Se o seu objetivo é ganhar muito, tenha consciência que os riscos serão maiores. Um outro ponto é você saber que esse tipo de investimento exige tempo e que o risco existe.

Você pode dar sorte de conseguir um retorno bom já no curto prazo, mas estamos falando de renda variável e, por isso, o tempo às vezes é um amigo próximo.

Por fim, caso você não tenha tempo para entender de mercado, precisa de uma ajuda e quer minimizar os risco, recomendo que você procure a corretora do seu banco ou confira esseSimulador

Confira também este guia para quem quer começar a investir na bolsa de valores!

Categoria: , ,

Simplicidade, rentabilidade e segurança.

Descubra como é fácil investir com a Monetus.

Comece agora