Fechar
Icone para fechar banner

E aí, qual é o seu sonho?

Novo apartamento, viagem pelo mundo, ou seu primeiro milhão Converse com um de nossos consultores financeiros e descubra como conquistar seu sonho!

Os 5 melhores investimentos para a reserva de emergência

Teles Nascimento
            oque é e como fazer uma reserva de emergência

O hábito de poupar para uma reserva financeira não é muito comum na vida dos brasileiros. No entanto, construir esse hábito e escolher os melhores investimentos para a reserva de emergência é fundamental!

Segundo a Anbima, (Associação Brasileira de Mercados Financeiros e de Capitais), mais de 50% da população brasileira não tem um fundo de emergência.

Em primeiro lugar, é importante falar que ter um fundo de emergência é extremamente importante para todas as pessoas, afinal, o futuro é incerto.

Em 2020, por exemplo, o mundo todo foi pego de surpresa com a pandemia de Covid-19. Neste cenário, muitas pessoas ficaram sem nenhum tipo de renda.

Portanto, o ideal é ter sempre uma reserva para caso aconteça algum imprevisto como este ou até mesmo para aproveitar um boa oportunidade financeira.

O que é reserva de emergência?

Um fundo de emergência é um valor, equivalente a pelo menos 6 vezes os seus gastos essenciais, que deve ser guardado para eventuais imprevistos que possam comprometer o seu orçamento.

Demissão ou diminuição da renda, problemas de saúde e gastos com manutenção do carro são alguns dos motivos para se ter e utilizar sua poupança.

Ou seja, a reserva de emergência deve existir pra te ajudar a sair de tempos difíceis.

Como fazer uma reserva de emergência?

Para montar sua reserva é importante entender primeiro quanto você precisa. Por exemplo, se você gasta R$1.000 todos os meses com gastos essenciais, o recomendado é ter pelo menos R$6.000 de reserva.

Após isso, precisa definir quanto irá poupar mensalmente pensando nesse objetivo. O ideal é que você consiga poupar pelo menos 20% da sua renda. Mas, caso não seja possível, pode começar aos poucos, com 5% ou 10%.

Uma forma de otimizar sua renda para conseguir guardar mais dinheiro é utilizar o desafio das 52 semanas. Ao final do desafio você pode ter poupado até R$13.780. Demais, concorda?

Melhores investimentos para a reserva de emergência

Para começar a investir é preciso preencher seu API (Análise do perfil do investidor) para descobrir qual tipo de investidor você é.

Além disso, é importante escolher uma boa corretora de valores para investir sua reserva de emergência, pois as taxas e portfólio da sua instituição podem fazer diferença em suas aplicações.

Vale ressaltar ainda que sua reserva precisa ser feita em investimentos seguros e com facilidade de resgate. Por isso, listamos os melhores investimentos para a reserva de emergência para você. Confira!

1. CDB com liquidez diária

O CDB (Certificado de depósitos Bancários) é uma das melhores alternativas para compor sua reserva de emergência, pois ele é emitido pelos bancos de forma que tem total segurança.

Além disso, ao escolher um CDB com liquidez diária é possível resgatar o valor investido a qualquer momento, compondo uma ótima alternativa para fazer seu fundo de emergência render.

De maneira simples, procurar ativos com liquidez diária que rendam mais que o CDI é sempre o ideal.

2. LCI e LCA com liquidez diária

As Letras de Crédito Imobiliário e Agropecuário, LCI e LCA, são papéis de renda fixa do setor privado.

São um tipo de investimento em papéis imobiliários e de agronegócio, como o nome sugere, e funcionam como os CDBs. Ou seja, você “empresta” um dinheiro aos emissores e eles te remuneram por isso.

São extremamente atrativos pois não possuem tributação de nenhuma forma, então sempre rendem um pouco mais que os CDBS.

Logo, é possível ter um investimento rentável com grande facilidade para resgatar e ainda por cima são isentos de tributação.

3. Fundos de renda fixa

Os fundos de renda fixa são fundos de investimentos em títulos de renda fixa como o Tesouro Direto.

É importante se atentar e procurar fundos de renda fixa que possuam o prazo máximo de D+3, ou seja, você irá conseguir resgatar o valor investido em até 3 dias.

A rentabilidade dos fundos de renda fixa são próximas ao CDI, portanto são um ótimo investimento para sua reserva de emergência e ainda possuem uma alta segurança e liquidez.

4. Fundos DI

Outra alternativa são os Fundos DI, ativos de renda fixa atrelados à taxa do CDI.

Portanto, possuem as duas características principais que os investimentos para a reserva de emergência devem ter: segurança e liquidez. Além disso, possuem uma rentabilidade considerável.

É importante saber que os fundos DI não possuem garantia do FGC (Fundo garantidor de Crédito), então, sempre escolha fundos com uma boa avaliação.

5. Tesouro Selic

O Tesouro Selic é um dos principais títulos do Tesouro Direto. E o melhor de tudo, além de ser seguro, esse ativo supera até mesmo o rendimento de investimentos populares como a poupança.

Mas, caso você queira ainda mais facilidade, atualmente diversos bancos digitais oferecem rendimento em conta atrelados ao CDI, como o Nubank e o PagBank. Logo, são uma boa alternativa para sua reserva.

Importância da reserva de emergência

A reserva de emergência é extremamente importante para que você consiga manter o controle das finanças pessoais mesmo em momentos de imprevistos.

Ao ter um fundo de emergência fica mais fácil planejar o seu futuro sem ter medo que um eventual gasto com a manutenção do carro, por exemplo, possa prejudicar seu orçamento.

Por isso, além de planejar o futuro, é importante se proteger de eventuais gastos não esperados.

Montei meu fundo de emergência, e agora?

Agora é hora de diversificar sua carteira de investimentos rumo à independência financeira!

Para te guiar nessa nova fase, pense: o que eu quero conseguir daqui a 5 ou 10 anos? com quantos anos irei me aposentar e como será o meu padrão de vida?

Após formar sua reserva para imprevistos é importante pensar em seus objetivos de longo prazo, como é o caso da sua aposentadoria. Mas, ao contrário da reserva de emergência, você pode buscar por ativos com uma maior rentabilidade, com uma menor segurança e liquidez.

Gostou do conteúdo? Continue aprendendo sobre investimentos em nosso blog.

Deixe o seu comentário

Simplicidade, rentabilidade e segurança.

Descubra como é fácil investir com a Monetus.

Comece agora
[newsletter_banner_html]