Como investir em LCI e LCA: tudo o que você precisa saber

Vitor Tito
                 

Decidir qual tipo de investimento fazer não é uma tarefa tão complexa assim. Basicamente, você deve levar em consideração os seus objetivos, a quantia de dinheiro que tem disponível e o seu perfil investidor. Caso você ainda tenha alguma dúvida, sugiro que você faça uma primeira simulação aqui.

O investimento em LCI e LCA são uma boa opção quando desejamos diversificar os investimentos, buscando alternativas com taxas mais atrativas do que as obtidas com a poupança. (Afinal, como já sabemos, é recomendável que você faça aplicações além da poupança porque utilizando apenas ela você está deixando de ter um bom ganho.)

Para saber o porque e como investir em LCI e LCA você deve prestar atenção em alguns pontos.

Como funcionam as LCI e LCA

A Letra de Crédito Imobiliário (LCI), e a Letra de Crédito Agrícola (LCA) fazem parte da gama dos investimentos de renda fixa.

Quando você adquire uma LCI ou LCA, você está comprando um título que tem como garantia o banco emissor. O dinheiro recebido pelo banco emissor só pode ser usado para oferecer créditos imobiliários. Como financiamento de construção e financiamento da casa própria, no caso da LCI e créditos agrícolas no caso da LCA. Na prática, as letras de crédito imobiliário estimulam o setor imobiliário e as LCA estimulam o agronegócio, pois são uma fonte de recursos mais barata para os bancos, e que devem ser usadas com proposito específico.

Itens básicos que você deve saber sobre LCI e LCA

Para saber como investir você precisa ter em mente os seguintes pontos:

As LCI e LCA podem ser adquiridas segundo dois tipos de retorno: pré ou pós fixado. Nos casos em que você opta pela modalidade prefixada, no ato do investimento você tem estipulado a taxa que vai receber mensalmente.

Já na modalidade pós fixada, a taxa incidente é atualizada por índice de preço. É possível comprar LCI e LCA com diferentes prazos para vencimento, mas como regra geral, quanto maior o prazo, maior o retorno.

Vantagens X Desvantagens

Agora que você já sabe um pouco mais sobre estes ativos, basta colocar na balança as principais vantagens e desvantagens do método, clareando ainda mais a ideia de porque e como investir.

A respeito das principais vantagens das LCI e LCA temos que:

  • Tratam-se de investimentos com cobertos garantia pelo Fundo Garantidor de Créditos (FGC);
  • O investimento fica isento de Imposto de Renda para Pessoas Físicas, por isso pode ser muito atrativo quando comparado com investimentos de renda fixa, como o CDB por exemplo;
  • Embora necessite de um valor mínimo inicial, este valor não é tão alto assim. Com R$ 1.000 você já consegue adquirir um título em determinadas instituições;
  • Rentabilidades muito boas, variando entre 80 e 95% do CDI em média (o que daria 13,19% a.a. no dia em que escrevi este texto, por exemplo)

Entretanto, as LCI e LCA também tem desvantagens:

  • Em ambas modalidades disponíveis você fica sujeito a um prazo mínimo para solicitar o resgate (mas assim que este acabar você consegue resgatar a qualquer momento);

Acho que agora você já tem uma boa ideia sobre como investir em LCI e LCA e como este ativo funciona. O que você está esperando para começar a investir com a Monetus?

Simplicidade, rentabilidade e segurança.

Descubra como é fácil investir com a Monetus.

Comece agora

Deixe o seu comentário