Lucratividade e rentabilidade: entenda as principais diferenças

Vitor Tito

Sabemos que o sucesso de um negócio depende de um lucro alto. No entanto, para alcançar o resultado desejado, é fundamental que esse indicador seja maior que o investimento aplicado.

Basta conhecer os termos lucratividade e rentabilidade para aplicá-los em sua estratégia. Ao contrário do que muita gente imagina, eles não são complicados.

O que é rentabilidade?

Esse termo, diversas vezes, é confundido com a lucratividade. No entanto, cada um possui a sua característica específica.

Então, sempre que você ouvir falar em rentabilidade lembre-se que ela se refere ao ganho líquido de sua empresa em um determinado período, normalmente 1 ano, em relação ao patrimônio liquido da empresa. Toda empresa que tem lucro tem rentabilidade positiva.

No entanto, é preciso ter atenção em um detalhe: o sucesso das vendas da sua empresa não reflete diretamente no resultado da sua rentabilidade. Pelo contrário, o panorama atual pode até ser distorcido.

Explicamos: quando você coloca um produto à venda por um determinado preço e, logo em seguida, oferece descontos para o consumidor, certamente as vendas aumentarão, mas não necessariamente o seu faturamento aumentará, e pode ser que seu lucro líquido seja menor. O que diminuiria a rentabilidade da empresa.

Uma forma de driblar esse cenário é redobrar atenção quando for precificar os seus produtos ou desenvolver ações promocionais em sua empresa. Verifique se o preço escolhido é viável tanto para você como para o seu cliente.

Tenha um carinho especial com a rentabilidade, pois ela é um dos principais fatores que atrai os investidores.

Para calculá-la, basta aplicar a fórmula:

Rentabilidade = Lucro Líquido x 100 ÷ Patrimônio Líquido

Exemplo:

Empresa A

Receita: R$10.000,00

Gastos e despesas: R$5.000,00

Lucro Líquido: R$5.000,00

Patrimônio liquido: R$ 20.000,00

Empresa B

Receita: R$15.000,00

Gastos e despesas: R$12.000,00

Lucro Líquido: R$3.000,00

Patrimônio líquido: R$ 5.000,00

A rentabilidade da empresa A é de 25% e da empresa B é de 60%. Por isso a empresa B é mais rentável.

O que é lucratividade?

Talvez, a confusão entre os termos ocorra porque ambos estão relacionados à saúde financeira do seu negócio. No entanto, a diferença é mais simples do que parece, uma vez que a lucratividade indica o quanto a sua empresa ganhou com um investimento que foi realizado.

Imagine, por exemplo, que a sua empresa vende carros. Quando um negócio é fechado, o valor da venda, geralmente, é dividido da seguinte forma:

  • Mão de obra;
  • Estrutura;
  • Fabricação;

Portanto, o resultado da sua lucratividade dependerá do seu lucro liquido, que é o resultado depois de todos os custos, despesas e impostos, e do seu faturamento.

A fórmula para calcular a lucratividade é bem simples;

Lucratividade = Lucro Líquido x 100 ÷ Receita total

Exemplo:

Empresa A

Receita: R$10.000,00

Gastos e despesas: R$5.000,00

Lucro Líquido: R$5.000,00

Patrimônio liquido: R$ 20.000,00

Empresa B

Receita: R$15.000,00

Gastos e despesas: R$12.000,00

Lucro Líquido: R$3.000,00

Patrimônio líquido: R$ 5.000,00

A lucratividade da empresa A é de 50% e da empresa B é de 20%. Por isso a empresa A tem maior lucratividade.

Assim como a rentabilidade, a lucratividade é essencial para a sua empresa, pois elas analisam o desempenho financeiro do seu negócio.

Procure descobrir como está a saúde financeira da sua empresa. Ela é determinante para entender onde poderá investir e em qual momento será necessário ter mais cautela.

Continue lendo dicas sobre como organizar suas finanças.

Simplicidade, rentabilidade e segurança.

Descubra como é fácil investir com a Monetus.

Comece agora

Deixe o seu comentário