Tesouro direto: acabe com todas suas dúvidas agora mesmo!

Por Danielle Gibelli

Tesouro direto é um investimento que muitos falam, é comum escutar que é seguro e que vale a pena investir. Mas será mesmo? Afinal, o que é tesouro direto? Não se preocupe, vamos acabar com todas suas dúvidas e te dizer se é um negócio rentável ou não!

O que é o tesouro direto?

É um sistema de negociação que o governo criou em 2012 para captar recursos e financiar a dívida pública. Para isso são disponibilizados títulos públicos que podem ser comprados ou vendidos. As pessoas investem dinheiro nesse investimento e em contrapartida tem um retorno – lucro em cima dos juros – de diferentes maneiras.

O que são títulos públicos?

Os títulos públicos são emitidos pelo tesouro nacional, órgão do Ministério da Fazenda, conhecido como caixa do Governo Federal que guarda o dinheiro proveniente dos impostos de todos os Brasileiros. Além do objetivo de captar dinheiro, os títulos públicos também visam financiar atividades do governo federal como educação, saúde e infraestrutura.

O que você precisa saber antes de investir no tesouro direto

É um ótimo investimento de renda fixa, os títulos públicos são baseados em 3 tipos de indexador de rentabilidade: Selic, IPCA ( Índice de Preços ao Consumidor ) e Prefixado.

Tipos de investimento:

O mercado de títulos públicos disponibiliza 3 modalidades: prefixadas, pós-fixadas e mista, conhecidas como tesouro Selic, tesouro prefixado e tesouro IPCA.

– Tesouro Selic é um título pós-fixado e considerado o mais conservador, porque você pode tirar quando quiser sem perder nada. O seu rendimento é de liquidez diária, significa que é calculado diariamente de acordo com a taxa Selic (taxa básica de juros da economia), a liquidez é diária

É ideal para investimentos de curto ou médio prazo, projetos de compra de algum bem material ou até como reserva de emergência.

– Tesouro Prefixado: investimento seguro porque tem uma taxa já fixada que não sofre alteração durante o período contratado. Ou seja, você sabe quanto vai render até o momento do resgate,

Muito utilizada para investidores que querem saber qual será o lucro exato ou então quem busca ganhos maiores em cenários de queda da taxa de juros

– Tesouro IPCA: são títulos mistos em que têm a remuneração dividida em pós fixada e prefixada, tendo em vista que depende das condições futuras da economia, não tendo como saber exatamente de quanto será o rendimento.

Porém esse tesouro tem uma taxa fixa, o que garante uma certeza ao investidor. Junto a esta taxa é somada ao IPCA  (inflação) do período.

É ideal para ser investido a médio e longo prazo, visando a aposentadoria ou para adquirir bens.

Diferentemente do que acontece com o Tesouro Selic que você nunca perde dinheiro por ter uma rentabilidade diária, a venda do tesouro prefixado e IPCA antes da data de vencimento pode acarretar em prejuízos, então é importante verificar atentamente o término do investimento e avaliar se está adequado ao seu objetivo.

Você pode calcular aqui qual a rentabilidade que pode conseguir!

Grau de risco desse investimento

Os riscos são mínimos, o tesouro Selic você pode resgatar quando quiser sem sofrer qualquer perda, já no investimento pré-fixado e no IPCA pode-se ter prejuízo ao retirar antes do período acordado e existe também a remota hipótese do tesouro nacional sofrer uma crise e não pagar.

Vantagens

O tesouro direto proporciona uma rentabilidade superior a poupança, além de ter poucos riscos e também pode haver a recompra do título pelo tesouro nacional semanalmente.

Qual o custo para investir no tesouro direto?

Existem três custos, o da corretora/ banco, da BM&FBovespa, taxa anual de custódia da Companhia Brasileira de Liquidação (CBLC) de 0,30% sobre o valor montante dos títulos públicos, cobrada no primeiro dia útil de janeiro e julho; e o último custo é do imposto de renda, cobrado sobre o lucro obtido, podendo variar de 22,5% a 15%.

De 0 a 180 dias: 22,5%

De 181 a 360 dias: 20%

De 361 a 720 dias: 17,5%

De 721 dias em diante: 15%.

Como aplicar?

Agora que já tem todas as informações necessárias para decidir sobre o investimento, vamos te ensinar como investir.

Você pode comprar os títulos com a ajuda de uma corretora ou diretamente do Tesouro Direto com a intermediação do seu banco.

É bem simples, veja como funciona:

– Ter um CPF;

– Uma conta em um banco ou corretora que permita operações no Tesouro Direto.

Escolha qual é o tipo de investimento que quer comprar, informe ao banco ou corretora e transfira o valor correspondente. É importante prestar atenção nas datas dos custos, é necessário ter esse valor disponível para realizar o pagamento.

Como funciona o prazo e o resgate?

O resgaste pode ocorrer de duas formas, na data do vencimento ou na venda antecipada. No primeiro caso você pode reinvestir o seu rendimento, consiste na compra de títulos da mesma classe, mas com data de vencimento mais distante. Mas, se quiser resgatar o dinheiro e não investir mais, é só solicitar o resgate, o próprio governo recompra o seu título e faz a liquidação, geralmente, em um dia útil.

O passo a passo

  • Entre na sua plataforma de investimentos
  • Verifique quais títulos do Tesouro Direto estão sob a sua custódia e os valores equivalentes;
  • Escolha a opção “Resgate”;
  • Você terá a opção de resgatar o valor integral ou uma parte dele;
  • Depois de se decidir, insira sua assinatura eletrônica e clique em “Resgatar novamente”.

Pronto! No próximo dia útil, o dinheiro estará na sua conta e lembre-se Não esqueça que o mercado dos títulos possui horários de negociação.

O resgate pode ser solicitado das 18h às 5h nos dias úteis e a qualquer horário nos finais de semana.

A venda antecipada tem o mesmo processo, mas como pode acarretar em prejuízo avalie se vale a pena ou não resgatar antes do prazo. Se tiver solicite para o banco ou corretora, no próximo dia útil o dinheiro estará na sua conta.

É importante lembrar que o valor líquido recebido será composto de acordo com algumas condições como preço de mercado, taxa de rendimento para venda e tributos.

Outros investimentos

Aconselhamos que avalie qual investimento se adequa mais ao seu modelo de vida, aos seus objetivos e expectativas. Se tiver alguma dúvida ou quiser aplicar o seu dinheiro de outra maneira, clique aqui que a Monetus pode te ajudar a ver qual o seu perfil e os investimentos mais adequados para você lucrar mais

Categoria:

Simplicidade, rentabilidade e segurança.

Descubra como é fácil investir com a Monetus.

Comece agora