Saiba o que é título de capitalização e se vale a pena investir

Luciana Pimenta
                 

Você sabe o que é título de capitalização? Com certeza já ouviu falar sobre esses papéis. Aliás, muito provavelmente algum atendente já te fez uma oferta desse tipo de investimento durante o processo de abertura de conta em um banco, embora talvez com um nome diferente.

Confira algumas informações essenciais sobre esse assunto e veja se realmente vale a pena seguir a orientação do seu gerente e investir em um título de capitalização.

O que é um título de capitalização?

Seu banco até pode te vender o título de capitalização como um investimento, mas não é. Nem mesmo uma forma de poupança.

Os títulos de capitalização são papéis de crédito adquiridos com o objetivo de guardar dinheiro e funcionam como uma espécie de economia programada, em que o cliente recebe de volta de acordo com um prazo previamente definido.

Durante o período da capitalização, o consumidor participa de prêmios, que variam de uma instituição para outra.

Principais características

Um título de capitalização tem como objetivo final ajudar o cliente a guardar dinheiro. As principais características desse produto são:

Baixo custo mensal

A capitalização é uma alternativa para quem tem poucos recursos. Com pouco mais de R$ 30 por mês, o cliente contrata seu título, o que pode justificar porque o produto ainda atrai tanta gente.

Sorteios

Além de ser um meio de guardar dinheiro, o título de capitalização oferece vários prêmios por meio de sorteios periódicos. Geralmente, quantias em milhares de reais – o que também ajuda a atrair as pessoas para esse tipo de produto.

Taxa de juros

O dinheiro guardado na capitalização é corrigido pela Taxa Referencial (TR), um índice criado pelo como fator de correção monetária de empréstimos, investimentos e do FGTS.

O título também tem rentabilidade mensal, que deve ser no mínimo de 20% dos juros pagos à poupança. Mas cuidado: apenas uma parte dos depósitos gera esse rendimento e não o valor mensal total.

Prazo de carência para resgate

O prazo de carência é o período mínimo que o dinheiro deve permanecer na instituição para que você faça o resgate.

Quando o resgate é feito antes do prazo, o cliente deixa de participar dos sorteios e a instituição pode estipular uma multa de até 10% sobre o capital depositado.

Além disso, é importante ler o contrato atentamente para verificar as condições da sua instituição.

Conheça os títulos de capitalização de cada banco

Cada banco oferece o título de capitalização com uma nomenclatura diferente. Saiba quais são os produtos disponibilizados em cada instituição e como eles funcionam.

Banco do Brasil

O título de capitalização do Banco do Brasil é o Ourocap. Vendido como uma forma de educação financeira, possui dois formatos: o Mensal e o Único.

Com o plano mensal, o cliente escolhe entre linhas com depósitos que vão de R$ 30 a R$ 2.500, todos os meses. A vigência varia de acordo com o plano escolhido, mas pode ser de 24 até 93 meses.

Com o Ourocap Único, o cliente para uma única parcela de R$ 1.000 a R$ 2.500 e concorre a prêmios de até R$ 2 milhões nos 36 meses de vigência do produto.

Bradesco

No Bradesco, o título de capitalização ganhou o nome de Pé Quente Bradesco. O banco possui planos empresariais e para pessoas físicas, com vigência a partir de 18 meses.

O cliente pode optar pelo plano mensal, guardando a partir de R$ 20. Ou ainda pelo plano único, pagando uma única parcela a partir de R$ 1.000.

Além dos sorteios mensais, o banco realiza prêmios especiais de até R$ 2 milhões (de acordo com o plano escolhido).

Caixa

A Caixa possui nomes diferentes para cada um dos planos dos títulos de capitalização.

  • Cap Torcedor: Título mensal com 60 meses de carência. Depósitos de R$ 30 e sorteio mensal de R$ 300 mil.
  • Ideal Cap: O cliente guarda a partir de R$ 60 por mês e concorre a prêmios mensais de até R$ 2 milhões nos 60 meses de vigência.
  • Caixacap Sucesso: Título de capitalização com parcela única. Valores de R$ 400 a R$ 2.000 e vigência de 36 meses.
  • SuperXcap: Pode ser feito em lotéricas e o cliente guarda R$ 25 por mês. Têm vigência de 60 meses, com sorteios de até R$ 1 milhão.

Itaú

O título de capitalização Itaú recebe o nome de PIC. Os planos são de 48 meses de vigência e é possível guardar a partir de R$ 20 reais por mês ou pagamento único de R$ 500 a R$ 2.000.

O produto também é oferecido para quem não é correntista.

Vale a pena investir?

As únicas pessoas que vão te garantir que o título de capitalização é um produto interessante são os funcionários e gerentes das instituições financeiras.

Com a atratividade dos sorteios e a possibilidade de fazer depósitos mensais, o produto ainda conquista muitos clientes, que estão enriquecendo os bancos.

Somente no primeiro trimestre de 2018, essas instituições faturaram mais de R$ 5 bilhões com capitalização, enquanto o cliente não ganha nada.

O valor depositado passa por uma correção mínima – que não se compara à inflação do país – e se fizer o resgate antes do prazo de carência, ainda perde dinheiro.

Existem outras formas de se educar financeiramente e de investir seus recursos. Por isso, fuja dos títulos de capitalização. Definitivamente, não valem à pena.

Pare de perder dinheiro para o banco: conheça linhas de investimento de baixo risco e tenha rendimentos reais. É mais simples do que você imagina.

Simplicidade, rentabilidade e segurança.

Descubra como é fácil investir com a Monetus.

Comece agora

Deixe o seu comentário