Quais são as vantagens e desvantagens de investir em ações?

Luiza Andrade
                 

Investir em ações parece ser algo mais complicado do que parece. A insegurança, o medo e a desconfiança acompanham desde investidores que realizam seus primeiros investimentos até aqueles mais experientes. Porém, tudo dependerá do empenho dedicado aos estudos e a experiência para conhecer melhor o mercado e realizar bons investimentos. Para ajudar nesse processo, desenvolvemos um post com as vantagens e desvantagens de investir em ações. Essa é uma grande oportunidade para aprender mais e garantir o sucesso no empreendimento.

Quais as desvantagens de investir em ações

1. Alta oscilação devido às incertezas políticas e econômicas

Sempre que há alguma incerteza, seja no cenário econômico ou políticas, o valor de suas ações pode oscilar. Essas oscilações contêm, em algumas ocasiões, certo grau de imprevisibilidade, gerando incertezas ao investidor.

A eleição de um novo presidente nos EUA, o início ou fim de uma guerra, um acordo comercial entre dois países, um desastre natural, o aumento do dólar: estes são alguns exemplos para ajudar a ilustrar como investir em ações pode apresentar alta oscilação devido às incertezas políticas e econômicas.

Ou seja, o sobe e desce do valor dos ativos acabam dificultando uma análise mais precisa das tendências de alta ou baixa, tornando o investimento um pouco mais arriscado que o normal. Portanto, o investidor deve saber lidar estrategicamente com as decorrências político-econômicas para investir no momento mais propício.

2. Maior risco nas operações

Os riscos de investir em ações talvez sejam uma das suas principais preocupações neste momento. Enquanto a poupança e a renda fixa, por exemplo,  oferecem ganhos pequenos e limitados em troca dos riscos quase nulos, as ações oferecem a oportunidade de ganhos muito maiores, porém, com riscos na mesma proporção.  

Muitos dos riscos nas operações de investimento em ações são decorrentes, inclusive, do que analisamos no tópico anterior: os riscos são justamente o modo pelo qual o valor das suas ações pode variar repentinamente.  

Portanto, entrar nesse mercado pode ser muito lucrativo, mas sem conhecimentos e um controle de riscos bem planejado, o investidor pode ter que arcar com altos prejuízos.

3. Incertezas de lucratividade

Vimos, até aqui, apenas fatores econômicos sobre o investimento em ações. Porém, você, investidor, deve sempre ter em mente que os riscos ou oscilações do mercado recairão em você. Todos os medos e incertezas decorrentes das desvantagens vistas até aqui deverão ser administradas por aquele que investe.

Portanto, para operar no mercado de ações, o investidor precisa possuir:

  1. Uma personalidade que inclua o controle emocional;  
  2. A paciência para encarar potenciais perdas antes de chegar ao merecido lucro;
  3. Ter vontade de estudar o mercado;
  4. Desenvolver e testar constantemente as estratégias e ter um controle de riscos sólidos para suportar a volatilidade sem grandes prejuízos.

É claro que nem todo mundo possui essas qualidades, mas a vontade de ganhar dinheiro pode servir como uma motivação na busca pelo desenvolvimento delas. Além disso, estas habilidades podem ser trabalhadas, melhorando com os sucessos e vitórias de seus investimentos.

Vimos as possíveis desvantagens dos investimentos nas ações, mas há também o outro lado: caso as dificuldades sejam bem administradas e calculadas, seu investimento pode ter resultados excelentes. Acompanhe:

Quais as vantagens de investir em ações

1. Investimentos a partir de pequenas quantias

Nem todos os investidores têm o privilégio de iniciarem seus investimentos com uma fortuna que possuem disponível. Mas, agora vem uma boa notícia: começar a investir em ações não é tão caro como muita gente acredita. É possível entrar no mercado comprando apenas um lote de ações de apenas uma empresa, por exemplo.  

Para aqueles que se enquadram nessa situação, ou seja, não possuem pequenas quantias para investir, a compra de ações no mercado fracionário pode ser uma opção, por exemplo. No mercado tradicional de ações, o padrão mais comum de compra é um lote de 100 ações. Porém, no mercado fracionário é possível se comprar lotes menores, mesmo que as cotações sejam diferentes do mercado principal.

No entanto, tanto para os grandes quanto para os pequenos investidores, é preciso ter um plano de crescimento dos investimentos. Isso pode ser feito diversificando os ativos para reduzir os riscos e melhorar o desempenho.

2. Trabalhe em casa

Uma das grandes vantagens de investir em ações é a possibilidade de trabalhar em casa. Com um ponto de acesso à internet e um notebook, por exemplo, é possível realizar as operações de compra e venda dos ativos no conforto da sua casa. Muitas pessoas se especializam nessa área e se tornam investidores profissionais, vivendo apenas disso.

É uma oportunidade de melhorar a qualidade de vida, evitando estresses provocados pelo trânsito, por exemplo, e economizando tempo e dinheiro com transporte.

3. Possibilidade de altos rendimentos

Como vimos no decorrer da explicação, principalmente sobre as desvantagens, existem riscos e incertezas decorrentes do investimento em ações. Porém, os riscos dessa forma de investimento são compensados pelo grande potencial de se obter altíssimos investimentos. Obviamente, seus rendimentos dependerão de uma correta leitura de mercado.

Mesmo começando com poucos ativos e com riscos menores, é possível aumentar o portfólio de ações e a exposição no mercado conforme a experiência e a rentabilidade forem melhorando.

Além de utilizar as estratégias de compra e venda, você também pode faturar um dinheiro extra com os dividendos pagos periodicamente por diversos ativos. Ou seja, não há limites para os ganhos, tendo em vista as diversas fontes e investimentos que você pode possuir.

Além do mais, a diversidade de investimentos pode fazer com que uma perda seja compensada por um ganho ainda maior. Para ficar mais claro, acompanhe o exemplo: Júlio, possuindo R$ 10.000,00 para investir, decide dividir seu dinheiro entre a compra de ações X e Y. Mesmo que as ações de X se desvalorizem, por exemplo, 10%, caso Y valorize 10% ou mais, Júlio não estará no prejuízo. Em um cenário melhor, em que as duas se valorizem, os ganhos podem ser bastante altos.

Como você pode ver, existem vantagens e desvantagens de investir em ações. No entanto, há meios de contornar as desvantagens e tornar os investimentos mais lucrativos e com riscos bem reduzidos. Agora que você já sabe como pensar estrategicamente sobre investir em ações, aprenda como investir na bolsa de valores!

Simplicidade, rentabilidade e segurança.

Descubra como é fácil investir com a Monetus.

Comece agora

Deixe o seu comentário